fbpx

O nosso lar precisa provocar sensações de tranquilidade e ao mesmo tempo ser funcional. Mas, para garantir essa combinação em um determinado espaço, é importante buscar por um projeto de design de interiores. O designer de interiores pode projetar ambientes de plantas de apartamentos pensando na praticidade do cotidiano, no conforto, na organização ou em todos estes aspectos.

Design de Interiores em Ambientes Grandes
Design de Interiores em Ambientes Grandes
Design de Interiores em Ambientes Grandes

Nada melhor do que ter um ambiente organizado de forma inteligente a fim de criar uma atmosfera positiva e prática. Não é mesmo? Um bom projeto de design de interiores aproveita ainda mais os espaços do seu imóvel, com funcionalidades específicas e visual estético altamente agradável.

Veja algumas dicas para incorporar ao seu trabalho de design de interiores:

Design de Interiores em Ambientes pequenos

Design de Interiores em Ambientes Pequenos
Design de Interiores em Ambientes Pequenos
Design de Interiores em Ambientes Pequenos

Utilizar móveis multifuncionais

Móveis multifuncionais fazem toda diferença em um ambiente pequeno, uma vez que não ocupam espaço e podem ser utilizados de diversas maneiras. Dentre os diversos móveis multifuncionais podemos destacar a cama com gaveta embutida, o pufe baú, o clássico sofá-cama, o guarda-roupa com escrivaninha e a mesa retrátil.

Investir em espelhos e iluminação

Os espelhos de forma direta já provocam um visual imaginário de amplitude em qualquer ambiente, mas também podem ser arranjados de forma a enobrecer ou decorar. A iluminação também auxilia no trabalho de design de interiores para tornar um espaço pequeno aparentemente maior, por meio de luminárias pequenas, pontos de luz embutidos dispostos de forma harmônica pelo ambiente.

Escolher cores e revestimentos que ampliam visualmente

A escolha adequada de cores não somente nas paredes, como também no mobiliário, pode ampliar significativamente um ambiente. Assim, no design de interiores para espaços pequenos, cores claras são bem vindas e até mesmo transparências em cadeiras e mesas de jantar. O revestimento deve ter uma aparência clean e suave para tornar o ambiente maior e leve.

Decoração suspensa

Esse tipo de decoração traz um visual criativo para ambiente, além de ocupar pouco espaço. Assim, um ambiente pequeno pode ser decorado com vasinhos de planta suspensos, prateleiras e estantes suspensas para objetos decorativos.

Cuidado na escolha de tapetes e pisos

O piso deve ficar visível por todo o espaço. Dessa forma, no design de interiores para ambientes reduzidos, optar por tapetes leves e pequenos é essencial. Isso cria uma imagem prolongada do ambiente.

Design de Interiores em Ambientes amplos

Design de Interiores em Ambientes Grandes
Design de Interiores em Ambientes Grandes
Design de Interiores em Ambientes Grandes

Aproveitar o espaço amplo para criar funcionalidades

Em espaços maiores, vale aproveitar a amplitude para criar funcionalidades em um mesmo ambiente. Dessa forma, um cômodo um pouco maior, por exemplo, pode integrar dois espaços: a sala de estar conjugada com a de jantar é bastante utilizada.

Dispor o mobiliário de forma organizada

O mobiliário precisa estar organizado a fim de aproveitar o ambiente sem amontoar os móveis.

Utilizar itens de decoração com cautela

Assim como os móveis, os itens de decoração devem ser dispostos com cuidado, para que o espaço não seja preenchido de forma sobrecarregada visualmente.

Criação de cenas para os ambientes

Aconchego

Para trazer a sensação de aconchego para o lar, as cores devem ser neutras, os tapetes macios e os tons amadeirados.

Lazer e convivência

Para esses espaços, as plantas, as poltronas confortáveis e o estilo rústico são excelentes aliados.

Escritório

Nesse espaço a criação do design de interiores deve contar com o equilíbrio das cores e das texturas, o que proporciona tranquilidade para estudar e trabalhar. Pode ser importante utilizar sistemas para impedir perturbação sonora externa.

Pets

Animais de estimação devem ter espaços adequados para que tenham boa qualidade de vida. Assim, no caso de cães e gatos, por exemplo, vale apostar em caminhas macias para soneca e um espaço para alimentação.

Infantil

A criança deve ter liberdade para brincar com segurança. Então é importante deixar todo o ambiente adequado para não provocar acidentes domésticos. Da mesma forma, atenção as tomadas, objetos de decoração que possam quebrar com facilidade, móveis com cantos obtusos e uma disposição que estimule a criança de acordo com o crescimento dela. Métodos como o quarto montessoriano podem ser adotados.

Cores vibrantes, texturas divertidas e baús para os brinquedos são primordiais neste caso.

Idosos ou pessoas com limitações físicas

Ambientes para idosos ou para pessoas com limitações físicas também requerem de segurança e do conforto. O espaço deve pensar em liberdade de locomoção, poltronas e camas confortáveis.

O design de interiores é extremamente importante para que o ambiente seja esteticamente bonito aos olhos, mas ao mesmo tempo funcional e adequado de acordo com a necessidade dos moradores.